24 de abril de 2015

Rose Sales é convidada a se filiar no PP

Rose Sales poderá sair candidata a prefeita de São Luis pelo PP. Foto: Louremar.com.br
Ainda filiada ao PCdoB, à vereadora por São Luis Rose Sales, em encontro com o Deputado Waldir Maranhão presidente do PP no Estado e atual vice-presidente da Câmara dos Deputados, foi convidada a se filiar no Partido Progressista.

Durante o encontro, a vereadora da capital ainda foi surpreendida por Waldir que garantiu a parlamentar que em se filiando ao PP, a sigla oferece nada mais, nada menos, que a vaga para sua candidatura a prefeita de São Luis em 2016.

Em tempo - O PCdoB abriu as portas para que a vereadora possa sair do partido por onde entrou. Ontem (23), o presidente do diretório municipal em São Luis, José Aroldo, emitiu nota em que esclarece que a parlamentar está livre para sair a qualquer momento, em outras palavras quis dizer: sua presença não é mais tão bem vida no convívio comunista. “Há vários meses a relação entre a vereadora Rose Sales e o PCdoB, embora respeitosa e de alto nível, tem revelado um distanciamento político cada vez maior entre ambos, fundamentalmente em relação à gestão municipal de São Luís, em que o partido tem uma posição de apoio ao governo do prefeito Edivaldo Holanda Jr., dando-lhe sustentação e dela participando, enquanto que a vereadora, na prática, tem tido um posicionamento de oposição à atual gestão”, diz a nota do partido.

Detran-MA realiaza leilão de veículos em São Luis

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) realiza, neste sábado (25), a partir das 10h, na sede da Vip Leilões –Km 07 da BR-135, o primeiro pregão do 2° Leilão de 2015. Ao todo, serão leiloados 265 lotes, entre carros e sucatas recolhidos nos pátios do Detran-MA de São Luís  e das Ciretrans de Açailândia, Balsas, Codó, Bacabal, Santa Inês e Imperatriz.

“Ano passado ocorreram somente quatro leilões, gerando um acúmulo considerável de carros nos pátios do órgão. Nossa meta é promover dois leilões por mês. Dessa forma, solucionamos o problema de lotação e oferecemos um serviço do Detran para a sociedade com veículos bons e preços acessíveis”, ressalta o diretor-geral do Detran-MA, Antônio Nunes.
Os bens a serem leiloados foram apreendidos e estão recolhidos há mais de 90 dias nos pátios do Detran-MA em São Luís e nas Ciretrans e não foram reclamados por seus proprietários ficando disponíveis para leilão, conforme determina o artigo 328 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
Para participar do leilão, os interessados devem ter mais de 18 anos de idade, não ser funcionário do Detran-MA e de nenhuma Ciretran, nem das Secretarias de Trânsito e Transporte dos municípios com carros a serem leiloados. É vetada, também, a participação de policiais militares, civis e rodoviários federais, assim como funcionários de empresas terceirizadas que prestam serviços ao Detran-MA e às Ciretrans.
Os lances poderão ser dados via internet. Para isso é necessário que o participante tenha cadastro no site da Vip Leilões. O segundo pregão do 2° leilão do Detran-MA será realizado no dia 22 de maio, também na sede da Vip Leilões.

Enviado via assessoria

23 de abril de 2015

Em Vargem Grande Wellington Leite reforça pré-campanha

Wellington Leite é recebido com festa na zona rural de Vargem Grande
Thales Castro - Wellington Leite (PSDB) deu continuidade a sua pré-campanha de prefeito no ultimo final de semana percorrendo vários povoados do município e visitando centenas de famílias que vivem na extensa zona rural de Vargem Grande.

Segundo o próprio pré-candidato, a ideia é visitar todos os amigos e amigas dos seus pais (Aparecida e Kleber Leite), falando do seu projeto, se disponibilizando e reforçando o laço de amizade com cada uma dessas famílias. De acordo com Wellington são essas pessoas que poderão o credenciar como candidato em 2016, assim como credenciaram a liderança política de sua família por mais de quatro décadas.

“A nossa estratégia nesse momento é nos viabilizarmos através destes amigos, destas famílias, iremos primeiramente atrás do povo para depois buscarmos as alianças necessárias com outras lideranças que também fazem oposição ao modelo político ultrapassado e arcaico instalado em Vargem Grande”, pontou Wellington Leite.

Durante dois satisfatórios dias de trabalho, Leite relembrou através dos amigos e aliados, as histórias da atuação política dos pais e ainda pôde presenciar tamanho abandono e descaso por parte do atual poder público municipal para com a população de Vargem Grande.

O pré-candidato encerrou suas atividades de pré-campanha no domingo (19) em um almoço que foi marcado por grandes discursos de incentivos por parte dos amigos da sede e da zona rural que ali se fizeram presentes. O almoço foi oferecido pelo amigo e correligionário Trabulsinho (PSDB) em sua propriedade no povoado Bela Vista, que além da sua esposa Creuza, dos filhos e amigos daquela região, ainda contou com a presença do Sr. Jerônimo, do vereador Toninho Abreu, do radialista Oneilson Sergio, da família Lima, representada por seu Zé e pelo Professor Ragenilson entre outros amigos.

Mais detalhes clique aqui.



22 de abril de 2015

Flávio Dino concede aumento a todos os membros de carreira do Sistema de Segurança do Estado

Todos os membros de carreira da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e agentes penitenciários receberão recomposição salarial a partir do próximo mês. 

Aline Louise - Em Medida Provisória encaminhada à Assembleia Legislativa, o governador Flávio Dino definiu a tabela de novos vencimentos das carreiras da Segurança Pública do Maranhão. O impacto gerado pelos novos investimentos será superior a meio bilhão de reais ao longo dos próximos quatro anos.
A partir de diálogo das pastas relacionadas à Segurança Pública com representantes dos servidores da área, a Secretaria de Gestão e Previdência do Estado construiu a tabela de realinhamento salarial para a categoria, que contemplam reajustes de 23,8% a 88% no acumulado até 2018. A decisão do Governo do Estado visa promover melhorias no serviço público estadual, valorizando as carreiras públicas e as condições de trabalho.
De acordo com a tabela apresentada pelo governo, os soldados e cabos da Polícia Militar terão recomposição salarial de 19,5%. O realinhamento para os praças militares acumulado para os próximos quatros anos será de 68,3%.
A informação foi dada durante a reunião semanal da cúpula da Segurança Pública com o governador Flávio Dino, nesta quarta (22). O realinhamento salarial garantirá que já no primeiro ano da nova administração, os servidores da Segurança Pública tenham aumentos superiores aos índices de inflação, garantindo impacto real nas finanças de 17.091 servidores ativos e inativos.
A recomposição salarial dos servidores da Polícia Civil e dos Agentes Penitenciários será de 5% no valor recebido atualmente, além de outros ganhos destinados à categoria. Um deles é o aumento integral de R$ 275,00 no auxílio-alimentação. Os valores pagos anteriormente variavam entre R$ 164,00 e R$ 294,00.
Os servidores da Polícia Civil e Agentes Penitenciários também terão direito a aumento no adicional por trabalho noturno e por insalubridade. O adicional noturno das duas categorias terá aumento de R$ 125,00 em relação aos valores anteriores – que oscilavam entre R$ 80 e R$ 103. A gratificação por insalubridade terá aumento de R$ 100 a R$ 200 em relação à base anterior – que variava de R$ 64,23 a R$ 165,70.

Maior aumento para as categorias
No planejamento para os próximos quatro anos, o ganho acumulado para os servidores da Segurança Pública será maior que as concessões feitas nas gestões anteriores. No comparativo com o acumulado de 2011 a 2014, os servidores da Polícia Militar e Bombeiros tiveram, todos, 33,5% de realinhamento.
A Medida Provisória assinada por Flávio Dino e encaminhada à Assembleia Legislativa para a aprovação concede valores que, ao longo de quatro anos, podem chegar a 88% de readequação salarial.

21 de abril de 2015

Grupo Mateus anuncia investimentos em Caxias


O presidente do Grupo Mateus, Ilson Mateus, esteve ontem (20) visitando Caxias. Acompanhado do prefeito Leo Coutinho, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), e de empresários locais, o empreendedor anunciou investimentos no município.

Nesse primeiro momento, Ilson Mateus e sua equipe estudam a área onde pretendem implantar o “Mix Mateus”, um supermercado que irá vender tanto no varejo como no atacado. “Há tempos enamoramos essa cidade, é amor antigo. Depois de tomarmos conhecimento da envergadura que será o shopping em Caxias, viemos aqui estudar a implantação do nosso empreendimento nessas proximidades. Estamos vendo a possibilidade de acelerarmos as nossas obras na cidade ainda este ano”, disse.

Durante a visita, Humberto Coutinho ratificou a satisfação com o investimento. “Vamos aproveitar essa empolgação do Ilson em investir na nossa cidade, que é tão importante para o leste maranhense. Acreditamos que vai dar tudo certo. Caxias está de braços abertos para esperar o Mateus. Será de muito agrado para a população”, afirmou.

Ainda de acordo com Ilson Mateus, o empreendimento deverá gerar 450 empregos diretos. A oferta de mão de obra local é uma preocupação do gestor municipal. “Nós mostramos o potencial do município, a localização estratégica. O nosso objetivo é cada vez mais atrair empresários, novos negócios para Caxias, para que possamos gerar com isso mais empregos para os nossos caxienses”, destacou Leo Coutinho.

O Grupo Mateus, com 29 anos no mercado, é um grupo empresarial brasileiro. Com 51 empreendimentos no Maranhão, Pará, Tocantins e Piauí o grupo emprega mais de 15.000 mil pessoas. É a 21ª maior empresa varejista do país, e 7ª dentro do segmento Super, Hiper e Atacado, segundo ranking do Ibevar em 2013.

O grupo mantém lojas de atacado ("Armazém Mateus"), varejo ("Supermercados Mateus") e o atacarejo "Mix Mateus". Atua ainda na indústria de panificação ("Bumba Meu Pão"), revenda de eletrodomésticos ("Eletro Mateus"), alimentação ("Food Service Mateus") e distribuição de produtos farmacêuticos ("Invicta", antiga Disprofarma).

20 de abril de 2015

Segunda-feira (27) iniciaremos os trabalhos no Salangô, garante o Secretário de Agricultura do Maranhão

"Ninguém acreditava mais no Salangô, mas nós acreditamos no potencial que tem esse projeto e segunda-feira (27) já estaremos iniciando os trabalhos na área". Palavras do secretário de Agricultura do Maranhão Márcio Honaiser durante entrevista no telejornal Maranhão Acontece na TV Guará, na noite desta segunda-feira (20).

O Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Márcio Honaiser, concedeu entrevista na noite desta segunda-feira (20) aos jornalistas Hugo Reis e Daniela Bandeira no telejornal Maranhão Acontece da TV Guará.
O principal assunto da conversa foi a revitalização do Projeto de Irrigação Salangô, em São Mateus, no último sábado (18), aonde o Governador do Estado Flávio Dino, anunciou a retomada do projeto com investimentos de 3 milhões de reais.
Segundo Honaiser, nesta retomada do Salangô, haverá um consórcio, onde será consorciado o arroz com a fruticultura, o milho verde e no futuro a piscicultura.
"Vamos também priorizar a fruticultura, pois o Estado do Maranhão precisa muito, e no Salangô vamos produzir muitas frutas como melão, melancia e muitas outras", disse o secretário.
Sobre a problemática da regularização fundiária, o secretário garantiu que o Iterma já iniciou o levantamento para o recadastramento dos agricultores e que o Governo do Estado já estuda mecanismos para ajudar aqueles agricultores que estão inadimplentes e impossibilitados de contrair crédito junto aos bancos, para que possam recuperar a adimplência.
Imagem aérea de parte da área do Salangô
Nesta fase inicial da revitalização as bombas que jogam água do Rio Mearim para os canais do projeto serão revisadas e colocadas em funcionamento, assim também como toda a estrutura do projeto de acordo com o cronograma de desembolso, planejado para que todo o projeto seja de fato revitalizado.
"Na próximo semana iremos da início aos trabalhos com a instalação física do escritório de trabalho na área do projeto, estrutura essa que inclui veículo e a chegada dos primeiros técnicos para da apoio aos agricultores", destacou.
Ainda de acordo com Márcio Honaiser, apesar das fortes chuvas que caem na região dificultado o escoamento da produção, o secretário de Infraestrutura do Estado Cleyton Noleto se comprometeu de iniciar um trabalho emergencial na estrada que dá acesso aos campos do Salangô, para que toda a produção possa escoar, haja vista que neste ano, a produção de arroz bateu recorde, e tão logo chegue o verão toda a estrada será recuperada.

Bira do Pindaré defende cooperação com Vietnã para desenvolvimento do Maranhão

Na reunião que houve entre o governador do Maranhão, Flávio Dino, os secretários de estado e a delegação do Vietnã, o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré defendeu a assinatura de um acordo de cooperação acadêmica entre as instituições universitárias do Maranhão e do Vietnã. A proposta do secretário garante a troca de experiência e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento da agricultura e fortalecimento dos projetos de pesquisa e extensão.
O secretário mencionou as semelhanças entre a realidade do Maranhão e do Vietnã, dentre elas extensão territorial, as condições hídricas favoráveis, a produção de arroz e mandioca. Para Bira, a parceria com os vietnamitas possibilitaria a elevação da produtividade agrícola e o intercâmbio de estudantes e pesquisadores para o desenvolvimento do Maranhão.
“Um ​estado como o nosso​, um dos mais pobres do Brasil, tem apenas um caminho a seguir para sair dos piores índices sociais: conhecimento, ciência e tecnologia. Então, temos um papel extremamente importante a cumprir para melhorar a qualidade de vida da população maranhense, promovendo desenvolvimento e justiça social através da democratização e oferta do ensino profissionalizante, de graduação e pós-graduação de qualidade", frisou o secretário.
Pindaré destacou ainda o papel que os CVT's terão neste processo. Ele garante que este modelo de curso, a ser oferecido aos trabalhadores e trabalhadoras de todo estado, popularizará o saber. Capacitando, em áreas especificas os cidadãos que tenham interesse em acessar o conhecimento e aprender mais sobre o ofício que já exercem ou tem interesse em seguir.

Após duas décadas abandonado, Governo do Estado retoma Projeto Salangô

O projeto de irrigação Salangô foi oficialmente reativado pelo Governo do Estado, na manhã deste sábado (18), quando o governador Flávio Dino também anunciou investimentos na ordem de R$ 3 milhões para o projeto, marcando a abertura da colheita 2015. A reativação do projeto Salangô beneficiará cerca de 457 famílias de agricultores distribuídas em várias associações.
O governador Flávio Dino explicou a importância econômica e social que o projeto representa para o Maranhão. “Vamos trabalhar com o propósito de garantir a revitalização deste importante projeto que estava abandonado a duas décadas e sempre foi visto de forma pejorativa. Portanto, chegou a hora de virar essa página e fazer do Salangô um exemplo, e eu assumo esse compromisso, quanto mais produção houver, mais investimentos eu conseguirei para o desenvolvimento do projeto”, disse o governador ao explicar que o Salangô está sendo retomado com recursos do Estado, fato que contribuirá com o melhoramento dos indicadores sociais.
Localizado no município de São Mateus do Maranhão, o Projeto Salangô foi iniciado, com um volume significativo de recursos da União e uma contrapartida do Governo do Estado, com o objetivo de ser o maior projeto agrícola de irrigação do Maranhão, na produção de arroz irrigado, frutas e hortaliças. O Salangô tem uma área total de 3.600 hectares, sendo 600 hectares para o plantio do arroz irrigado e 2 mil hectares para o regime de arroz sequeiro. O empreendimento foi concebido para operar com vários sistemas de irrigação, divido em setores, corrigindo problemas como a falta de local adequado para secar o arroz e maquinário velho e beneficiar cerca de 457 famílias de agricultores distribuídas em várias associações.
Planejado para ser o maior projeto de irrigação do Estado do Maranhão e um dos maiores do país, o Salangô ainda no início de sua construção, foi tomado pela corrupção e desvios de recursos. Dados colhidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público e pela Corregedoria Geral do Estado mostraram que o rombo chegou à quantia de quase R$ 70 milhões de reais, valor liberado para o projeto.
Para o prefeito de São Mateus, Miltinho Aragão, a decisão do governador Flávio Dino em revitalizar o Salangô, mostrou que ainda é viável apostar nos projetos do Maranhão. O gesto, segundo ele, pontuou que com o incentivo do governo será possível transformar o Salangô em um dos maiores celeiros agrícolas do país com uma produção efetiva. “Em pouco mais de 100 dias o governador enxergou a importância do que é desenvolvido aqui e agora teremos a devida atenção que nunca nos foi dada pelas gestões anteriores. O investimento inicial será na ordem de R$ 3 milhões e isso nos ajudará a dar o pontapé inicial às ações do projeto Salangô, agora podemos afirmar com toda propriedade, esse é o governo da mudança”, ressaltou.
Segundo o secretário municipal de Agricultura, Clovis Bernard, os agricultores tocavam o projeto com esforços próprios e por isso o Salangô acontecia de forma precária sem nenhum incentivo por parte do governo estadual. Ele contou que a espera por melhorias e investimentos já durava cerca de 20 anos. “Com a abertura oficial da colheita, iremos colher 9 mil toneladas de arroz sequeiro de 2014 a 2015 só do Projeto Salangô. O mais importante é que esse produto não ficará mais no município e será enviado para outras cidades e várias indústrias.”, disse ele.
O agricultor David Cardoso de Oliveira, 52 anos, contou que integra o projeto e está animado com a visita do governador Flávio Dino e o anúncio de revitalização do Sangalô. Ele contou que as famílias se utilizam dos 3.600 hectares para o plantio de arroz e cada saca coletada é vendida por aproximadamente R$ 38. “Temos o maior polo agrícola do estado e precisávamos apenas de um olhar atencioso por parte das autoridades competentes. Para a nossa felicidade o governador Flávio Dino nos enxergou e decidiu retomar o projeto apostando na capacidade que o Salangô tem e isso trouxe esperança para as famílias que dependem desse trabalho para sobreviver”, afirmou.
O vice-governador Carlos Brandão afirmou também, que o Governo do Estado tem interesse em revitalizar o projeto de irrigação Tabuleiro de São Bernardo, que junto com o Salangô somou quase R$ 300 milhões em recursos públicos federais. Ele afirmou que se ambos tivessem dado certo, duas das regiões maranhenses mais atingidas pela seca – Médio Mearim e Baixo Parnaíba – seriam beneficiadas diretamente pelos projetos de irrigação, o que alcançaria ao menos 14 municípios.